Quinta Autoral

“Zóio” – Patricky Diniz : uma homenagem ao pai

Sabe quando bate a saudade de um ente querido que não está mais entre nós? O que você faz? Patricky Diniz transforma essa saudade em música: “Zóio” – uma homenagem ao pai.

Quer saber sobre a história por trás dessa canção? É só continuar com a gente.

Aniversário: estopim para o surgimento de “Zóio”

Todos nós sabemos como é difícil lidar com a perda de um ente querido. Ainda mais quando ele é o nosso pai.

Daí começamos a pensar que não teremos mais “aquele” abraço, não vamos mais escutar a voz dele, seus conselhos, seu afago.

E foi assim que surgiu “Zóio”, como conta Patricky Diniz:

“ A composição apareceu uma semana antes do meu aniversário. Estava pensando em como seria passar o meu aniversário sem receber uma ligação, um abraço, sem escutar a voz…
Daí me tranquei no quarto, peguei o Contrabaixo e executei algumas notas. Mostrei no Estúdio, algumas horas depois, para meus amigos a composição “Zóio “. E todos gostaram.”

A canção foi lançada quatro meses depois do falecimento do pai do baixista.

E por que o nome “Zóio”?

“Meu pai tinha o apelido de zóio. Então, resolvi prestar essa homenagem para poder ficar um pouco mais perto, e matar um pouquinho essa saudade que tenho do meu Pai.” – explica Diniz. 

 

A importância do pai na vida de Patricky Diniz

A gente sabe da importância de um pai na vida de um filho, do papel que ele representa, do exemplo que a gente se espelha para a nossa vida. E não foi diferente com Patricky Diniz:

“Meu pai era tudo para mim. Era quem me protegia de tudo. Sempre apontava os melhores caminhos para seguir em frente. Foi quem me formou como homem, me ensinou a ser honesto, sincero. E, acima de tudo, digno. Éramos amigos inseparáveis. Estávamos sempre juntos.”

 

TV com o pai: primeiro contato de Diniz com o rock

E até no primeiro contato de Diniz com o rock, o pai teve uma certa participação:

“Estava em casa na sala conversando com o meu pai e olhando a TV, quando apareceu a propaganda do SBT -”Detroit Rock City” (Detroit – a cidade do rock) do filme…Havia uns caras malucos com instrumentos musicais. Então decidi assistir o filme do Kiss. Esse foi o meu primeiro contato com o rock.”

E aí o rock ganhou de vez a preferência do baixista.

Pra quem não sabe, “Detroit Rock City” é um filme americano de 1999 sobre 4 adolescentes que fazem cover do Kiss,  e tentam ver seus ídolos em Detroit, no ano de 1978. O nome do filme é referência a canção da banda Kiss de mesmo nome.

Diniz e a escolha pelo baixo

A gente sempre se pergunta qual instrumento tocar quando nos desperta o interesse pela música. Na realidade, essa escolha surge de várias maneiras.

E , para Diniz, o filme “Detroit Rock City” foi decisivo para a opção dele pelo baixo:

“Fiquei alucinado com a banda. Daí, o baixista Gene Simmons me chamou logo a atenção. Quando comecei a escutar suas composições, descobri que tinha um solo de baixo durante os shows do Kiss, aonde o baixista parecia que cuspia sangue. Resolvido: queria ser aquele cara do baixo.
E comecei a pedir um baixo em casa. E passei a escutar Kiss todos os dias.”

 

Protesto com piercing e ganho do baixo

Decidido a tocar baixo, Diniz recorreu à mãe que negou o pedido do filho. Então, como forma de protesto, o artista decidiu colocar um piercing no lábio e arrumar um emprego.

Resultado: três meses sem a mãe falar com ele. Até que surgiu um acordo entre os dois: o piercing pelo baixo. E assim foi feito.

Sobre a carreira

O rock sempre esteve presente na vida do baixista. Diniz fez parte de bandas de rock em BH – Minas Gerais, sempre correndo atrás de ter e manter uma banda. Só que Patricky teve que parar por um tempo com a música – o trabalho falou mais alto.  

O baixista nunca desistiu da música. E , alguns anos depois, ele volta a estudar música, começa a compor suas próprias composições instrumentais e a divulgar suas canções nas suas redes sociais.

Os próximos projetos do artista são:conseguir um show para tocar música instrumental e uma produtora  para as suas músicas.

Sigam Patricky Diniz nas redes sociais

Instagram: @dinizpatricky

YouTube: Patricky Diniz Bandeira

Videoclipe “Zóio”

Agora, é só curtir “Zóio”:

Reprodução:YouTube/Patricky Diniz

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of

7 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] em melodia o mais puro dos sentimentos. Assim é “Tita”, primeira canção romântica de Patricky Diniz para a sua amada […]

1 ano atrás

Your article helped me a lot, is there any more related content? Thanks!

Palloma
1 ano atrás

Emocionante ler a história! Continue batalhando sempre

Fátima Dayse
1 ano atrás

Parabéns, continue assim que você vai longe.

Fátima Dayse
1 ano atrás

Para

Patricky Diniz Bandeira
1 ano atrás

Patricky Diniz Bandeira muito obrigaduuuuuuuuuuuu,por contar minha história

Lucas Brandao
1 ano atrás

Isso ai, mano. Força sempre…
Top de mais, toca muito.

7
0
Would love your thoughts, please comment.x